Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Hoje tive tanta saudade...

Não é por acaso que Saudade é palavra que não consta no léxico de outras línguas.

Porque é falaciosa.

Porque Saudade não é senão o medo que sentimos quando o incerto se acerca de nós. E então nos mói aquele desespero de voltar para o espaço que é da cor que o pintámos um dia; onde tudo se mantém igual a si mesmo.

Porque Saudade não é senão a solidão que sentimos quando, mesmo rodeados de pessoas, nos sentimos estranhos, intrusos. E então nos mói aquele desespero de voltar para o espaço onde sempre pertencemos.

 

Saudade não um sentimento nobre que só aos lusos foi dado a conhecer. Saudade é o véu de cobardia com que velamos o medo e a solidão.

 

disparado por Luna às 21:12
link do post | disparar | já dispararam (1)
Quarta-feira, 20 de Agosto de 2008

Será?

Comentava com um amigo a minha dificuldade crónica em aguentar relações estáveis e duradouras. Não sei, talvez seja trauma, síndrome ou pancada... a verdade é que quando uma relação começa a ficar demasiado séria, começo a sentir-me sufocada, sufocada, sufocada... parece que a relação deixa de fazer sentido, parece que deixo de sentir prazer em estar com a outra pessoa e tudo o o outro diz ou faz figura-se-me como uma tentativa de controlo.

 

Dá-me entao esse amigo a explicação que até agora mais me contentou, embora não corresponda a uma visão cor-de-rosa da coisa:

"A verdade - diz-me ele - é que algumas pessoas têm muito para nos dar e outras pouco. E a tendência é sugar tudo o que nos interessa do outro e depois cansamo-nos porque precisamos de mais. Ou, noutros casos, tornamo-nos o outro e cansamos nós".

 

 

 

disparado por Luna às 12:33
link do post | disparar | já dispararam (3)
Sábado, 26 de Julho de 2008

O meu grito do Ipiranga

 

Depois de se provar a independência, é impossível submetermo-nos ao controlo de outrém, sem experimentar aquele amargo sabor a servitude.

A regra é válida para todos os domínios... mas muito particularmente na relação pais & filhos.

Um dia serei mãe e, muito provavelmente, cometerei os mesmos erros que todas as mães. Mas no papel de filha, incomoda-me realmente o zelo excessivo da minha mãe, que de tão excessivo, às vezes roça o sufoco.

- Despacha-te, já estás atrasada!

- Se não descias tão cedo, já te ia chamar.

- Quando vais? Quando vens? Com quem vais? A que horas? Porquê? Onde?

- Queres que te prepare um lanche para levares amanhã? Não? Então o que é que vais comer? Mas não era melhor? Mas tens mesmo a certeza?

- Vais levar essa roupa? Mas não era melhor outro casaquinho? É mais quente, não vás tu apanhar frio...

 

blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

blá  blá blá blá bláblá blá blá blá blá blá blá blá

blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá bláblá blá blá blá

blá blá blá bláblá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá

bláblá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá bláblá blá blá blá blá blá blá blá ..............................

 

Sinto-me quase uma herege ao fazer este desabafo em surdina.

"Só o faço para te facilitar a vida!".

Bem sei que sim, mãezinha. Mas a verdade é que o instinto maternal às vezes parece deturpar a sua acuidade de discernimento: sou adulta, já provei que sou capaz de me desenrascar sozinha e, verdade seja dita...(é melhor não dizer...)...

 

Dá-me espaço... antes que eu sinta saudades do tempo em que vivi sozinha.

 

tags:
disparado por Luna às 09:38
link do post | disparar | já dispararam (2)

.

.tags

. (f)utilidades(5)

. absurdos muito absurdos(3)

. boas ideias(11)

. calor(1)

. cenas giras(1)

. citações(1)

. coisas de mulher(1)

. coisas duvidosas(2)

. coisas minhas(12)

. coisas sérias(10)

. contingências(2)

. crises(13)

. crítica(9)

. de loucos(1)

. decisões(2)

. desabafos(3)

. despedidas(2)

. dias não(5)

. disparates(10)

. dúvidas(3)

. estados da alma(3)

. fases(1)

. filosofia(s) de vida(5)

. fragmentos(3)

. humor(1)

. males de amor(8)

. media(6)

. momentos(25)

. muito calor(1)

. música(10)

. on fire(1)

. on the road - the bowmans(1)

. opiniões(15)

. pensamentos(1)

. pensamentos e outros momentos(2)

. poesia(1)

. postais(1)

. re(in)gressos(1)

. recordações(3)

. revelações(2)

. saúde(1)

. shut! ;)(3)

. sonhos(1)

. sos(1)

. todas as tags

.Últimos disparos...

. Hoje tive tanta saudade.....

. Será?

. O meu grito do Ipiranga

.Arquivos

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Ligações

.pesquisar