Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

(Não) recomendado a menores...

Safe for Work XXX.

Combinar conteúdos pornográficos com animações infantis. É  o conceito da Diesel para a campanha celebrativa do seu trigésimo aniversário.

 

Palavras para quê?

 

 

disparado por Luna às 22:24
link do post | disparar | já dispararam (1)

Hoje tive tanta saudade...

Não é por acaso que Saudade é palavra que não consta no léxico de outras línguas.

Porque é falaciosa.

Porque Saudade não é senão o medo que sentimos quando o incerto se acerca de nós. E então nos mói aquele desespero de voltar para o espaço que é da cor que o pintámos um dia; onde tudo se mantém igual a si mesmo.

Porque Saudade não é senão a solidão que sentimos quando, mesmo rodeados de pessoas, nos sentimos estranhos, intrusos. E então nos mói aquele desespero de voltar para o espaço onde sempre pertencemos.

 

Saudade não um sentimento nobre que só aos lusos foi dado a conhecer. Saudade é o véu de cobardia com que velamos o medo e a solidão.

 

disparado por Luna às 21:12
link do post | disparar | já dispararam (1)
Sábado, 27 de Setembro de 2008

She's coming, she's coming....

 

 

Joan as Police Woman

disparado por Luna às 09:49
link do post | disparar | já dispararam (2)
Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

Encontre as diferenças

 

 

Dusty Spriengfield, "I only want to be with you"

 

vs

 

Rita RedShoes, "Hey Tom"

 

 

disparado por Luna às 21:49
link do post | disparar

Homesickness

Já havia dito algures que nunca digo nunca, porque NUNCA é demasiado tempo.

E para além disso, na Terra do Nunca, vale tudo...

E mais, o bom filho a casa retorna, diz a sabedoria popular.

E... bem, mil e uma razões poderia eu aduzir para justificar o meu regresso.

Inconstante, incoerente, bipolar, whatever...chamem-me o que quiserem.

A verdade é que as palavras assomavam-me à garganta e estava a ser dificl contê-las. Não que tivesse alguma coisa importante para dizer, mas apetecia-me trasgar esta solidão agressiva que se sente mesmo quando (e sobretudo quando) se está rodeado. Pensei noutros poisos, é verdade, mas nenhum me oferecia o conforto que me oferecia (n)este espaço. Por isso, voltei. Até quando? Um prazo não seria mais do que um tiro no escuro.

 

Os meus absurdos mais íntimos, esses só aos meus botões confidenciarei, porque as paredes deste quarto se tornaram demasiado finas e permeáveis: não têm ouvidos, mas têm olhos. Olhos que me reconhecem...and i don't feel like sharing my privacy, as I did before.

 

Um absurdo, eu sei. Mas eu já tinha avisado: "disparos da mente no absurdo..."

 

disparado por Luna às 21:32
link do post | disparar | já dispararam (2)
Domingo, 14 de Setembro de 2008

O adeus à Terra do Nunca

Parece que chegou a altura de fechar a porta e rodar a chave.

Este blog já fez sentido. Deixou de fazer.

 

Quis apagá-lo, mas não pude.

Revisitei post por post, à guisa de despedida.

Mas não pude.

É o meu património emocional. Apagá-lo seria negar-me.

Mas não posso continuar a existir nele: seria prescindir da minha privacidade. Era um espaço só meu e dos meus ilustres desconhecidos. Prosseguir seria desnudar-me.

Ficará. Como uma memória. Como uma caixinha de recordações.

 

Os meus absursos encontrarão talvez outro poiso...

 

Adeus Terra do Nunca!

disparado por Luna às 16:50
link do post | disparar | já dispararam (3)
Quinta-feira, 4 de Setembro de 2008

Vidas embargadas

Tenho a  minha vida pessoal embargada. Vivo, de momento, em função do embargo de duas outras vidas a que a vida uniu a minha.

Duas pessoas que amo. A vida encarregou-se de lhes unir as vidas e agora, à guisa de birra, decide que a felicidade de uma implica a infelicidade da outra.

Amo os dois. Quero ver os dois felizes.

 

 

E fico angustiada. Aquela sensação de dejà vue...

 

disparado por Luna às 19:07
link do post | disparar | já dispararam (2)

.

.tags

. (f)utilidades(5)

. absurdos muito absurdos(3)

. boas ideias(11)

. calor(1)

. cenas giras(1)

. citações(1)

. coisas de mulher(1)

. coisas duvidosas(2)

. coisas minhas(12)

. coisas sérias(10)

. contingências(2)

. crises(13)

. crítica(9)

. de loucos(1)

. decisões(2)

. desabafos(3)

. despedidas(2)

. dias não(5)

. disparates(10)

. dúvidas(3)

. estados da alma(3)

. fases(1)

. filosofia(s) de vida(5)

. fragmentos(3)

. humor(1)

. males de amor(8)

. media(6)

. momentos(25)

. muito calor(1)

. música(10)

. on fire(1)

. on the road - the bowmans(1)

. opiniões(15)

. pensamentos(1)

. pensamentos e outros momentos(2)

. poesia(1)

. postais(1)

. re(in)gressos(1)

. recordações(3)

. revelações(2)

. saúde(1)

. shut! ;)(3)

. sonhos(1)

. sos(1)

. todas as tags

.Últimos disparos...

. Pílula do dia seguinte

. Claro mais claro não há

. Deu-me pro Folk

. The Bowmans

. Buzz Word II

. Buzz Word

. Proposta decente

. Aviso à população: edpide...

. A cavar a própria sepultu...

. Coisas que nos sucedem se...

. #ERROR#

. E não é que eu até gosto?...

. Não acredito, mas lá que ...

. Citação da Citação

. Down, down, down

.Arquivos

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Ligações

.pesquisar